Lagoa da Confusão: Wanderlândia

Lagoa da Confusão: Wanderlândia explorou em 2015 mais de 4 mil quilômetros por diferentes regiões do Estado do Tocantins para observar a cultura e a identidade de seus moradores um quarto de século depois que o estado foi criado.

A Tropa de Elite

Série de retratos de membros do exército improvisado formado em 2011 por moradores para defender a ocupação do Pinheirinho, em São José dos Campos, São Paulo, de uma iminente e polêmica reintegração de posse, que se realizou no início de 2012. Conhecido internamente como A Tropa de Elite, o exécito era formado por pessoas comuns. Dois anos após serem despejados, eles relebram a luta coletiva.

Moradia

O ambiente interno de cada Moradia na ocupação Anchieta, zona sul de São Paulo, é o retrato da individualidade do morador ou das características de seu núcleo familiar. Por fora, os barracos são similares, improvisados e provisórios, por dentro eles refletem o que cada residente tem de único.

Marsilac

Até hoje, a maioria dos mapas de São Paulo omite, por falta de interesse ou espaço, o extremo sul da cidade. A narrativa corrente da metrópole é sobre o quão cinza e caótica ela é. Por isso, Marsilac, seu distrito mais ao sul, onde o verde e o silêncio ainda prevalecem, quase nunca faz parte dos mapas e da crônica urbana. Este trabalho de longo prazo busca os muitos níveis de isolamento - e ocasional pertencimento - de um pedaço imenso e esquecido da maior metrópole brasileira.
 
Trabalho em Andamento

...O Filho Continuou

O Pai Passou Para o Filho, o Filho Continuou

Oferenda

Oferenda apresenta objetos encontrados pelo pernambucano Roberto da Silva no leito do Rio Tietê. Conhecido como Lagartão, ele recolhe material reciclável há 14 anos navegando as águas poluídas da represa da Barragem de Pirapora do Bom Jesus, na região metropolitana de São Paulo. Roberto recolhe por curiosidade itens que, sem valor comercial, acabam por criar uma memorabilia do seu cotidiano e o da metrópole.

Tapajós

O governo brasileiro tem planos de construir uma série de barragens na bacia do Rio Tapajós, considerada por ambientalistas como um dos ecossistemas mais complexos em biodiversidade do Amazonas. Este trabalho documenta a vida das pessoas que vivem em áreas isoladas e praticamente intocadas na Floresta Amazônica momentos antes da região ser transformada pelas imensas obras do governo.

Carte de Visite

Nos últimos quatro anos, o Brasil viu uma das maiores ondas imigratórias de sua história. Muitos vieram dos mesmos países - Haiti, Nigéria, Bolivia -, mas cada um deixou para trás seu próprio endereço, um lugar único, definido, para onde o imigrante envia pensamentos, dinheiro, cartas, no processo essencial de reconstruir a continuidade familiar, quebrada temporariamente pelo seu deslocamento. Carte-de-Visite é uma série de retratos e mensagens de 40 pessoas que passaram pelo centro de São Paulo em meados de 2014, a caminho de mudar o número e o nome de sua rua. As fotos foram impressas em formato de cartão postal, e enviadas, com as mensagens no verso, para uma pessoa a escolha do retratado: qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo.

Manifesto

São Paulo, junho de 2013. O aumento de 20 centavos na passagem do transporte público desencadeia uma onda de protestos e insatisfação que, ao encontrar forte repressão policial, cresce e se espalha por todo o espectro político e localidades do país. Manifesto reúne dois trabalhos correlatos realizados durante este período. Nas ruas, o conflito entre manifestantes e forças de segurança. No estúdio, o retrato de pessoas que foram às ruas desde o início do levante popular.

DestroyCar

Na cidade de Riberão Pires, no Grande ABC, um evento automotivo celebra o choque. Centenas de pessoas se reunem em volta do som a milhão e da cerveja trincando para assistir a batidas entre carros velhos guiados por motoristas corajosos. Vence o último que resistir com o motor ligado. O Destroy Car é uma celebração algo irônica do objeto individual que melhor codifica a condição urbana brasileira: o automóvel.

Gabo Morales

Gabo Morales (1983) é um fotógrafo e editor independente baseado em São Paulo. Com trabalho focado em documentário e retrato, colabora desde 2008 para diversos veículos editoriais do Brasil e do exterior. Temas de interesse no seu trabalho autoral incluem, entre outros, fronteiras geográficas, sociais e culturais.

Rodrigo Capote

Rodrigo Capote (1985) passou pelas redações dos principais jornais de São Paulo, entre eles a Folha e hoje colabora com O Globo, UOL, além de revistas nacionais e internacionais como Newsweek. Em 2008 ganhou o prêmio “Estímulo à Fotografia”, promovido pelo Estado de São Paulo.

Leonardo Soares

Leonardo Soares (1982) é repórter fotográfico desde 2001. Trabalhou para os maiores jornais do país, entre eles O Estado de São Paulo, O Globo e Folha de S. Paulo.

SOBRE

A Trëma é um esforço coletivo dedicado à fotografia documental. Formado em 2013 pelos fotógrafos Filipe Redondo, Gabo Morales, Leonardo Soares e Rodrigo Capote, o grupo produz desde então estórias que discutem temas da sociedade brasileira, com especial interesse em manifestações identitárias, tradicionais e contemporâneas, no ambiente comunitário.

Trabalhos da Trëma já foram publicados por importantes veículos editoriais, como COLORS, Serafina, Revista Piauí e National Geographic Brasil, entre outros.

Em 2014, o grupo foi um dos premiados no XIV Prêmio Funarte Marc Ferrés de Fotografia com o projeto Lagoa da Confusão: Wanderlândia, publicado em www.fronteiras.org.

Com o projeto A Tropa de Elite, venceu Prêmio FCW de Arte 2014, uma dos maiores premiações da fotografia brasileira.

Em 2015, a Trëma foi selecionada na Bolsa Zum de Fotografia, com o projeto Memento, finalizado no final de 2016.






CONTATO

Rua Mourato Coelho, 835, sala 01 - Pinheiros - São Paulo - Brasil

info@trema.co